Um novo Zoo Pomerode

Quinta-Feira, 20 de Outubro - No ano passado, o Zoo Pomerode anunciou sua ampliação. Em um projeto arrojado, a ampliação de 35 mil para mais de 100 mil metros quadrados, com investimento aproximado de R$ 20 milhões, para proporcionar ainda mais conforto aos bichinhos e visitantes.

No entanto, com a primeira etapa, que contempla drenagem no recinto das girafas e novo estacionamento sendo realizada, algumas situações foram analisadas. “Foi realizado um estudo para ampliar o Zoo Pomerode. No entanto, nos deparamos com alguns problemas e, por conta disso, será necessário efetuar substituição de solo e adequações para esgoto. Nosso objetivo é prezar pela transparência em nossas ações e, por isso, efetuamos essa reunião para explicar a situação e responder a questionamentos”, explica Cláudio Mass, biólogo da instituição.

A substituição do solo no local tem como objetivo oferecer conforto aos animais e tornar o espaço mais próximo possível de seu habitat natural, explica Cláudio. “Estas alterações não estavam na primeira audiência e, por isso, os esclarecimentos”, completa.

As alterações passam ainda por deliberação do Concidade, em reunião a ser realizada no dia 09 de novembro, no auditório da Prefeitura.

A ampliação - O parque, que hoje abriga cerca de 1,4 mil animais, irá investir aproximadamente R$ 20 milhões para proporcionar ainda mais conforto aos bichinhos e também aos visitantes. A proposta é que a área atual, de 35 mil metros quadrados, seja expandida para mais de 100 mil metros quadrados. O projeto foi dividido em duas partes. Na primeira, o espaço já vai contar com 40 mil metros quadrados a mais, onde serão construídos novos ambientes para animais africanos e asiáticos. A segunda etapa vai contemplar a criação de um ambiente para espécies sul-americanas e australianas, que será iniciada após a conclusão da primeira.

Com a ampliação, os espaços para esses animais serão mais complexos e não terão barreiras aparentes, tornando uma experiência única ao visitante. O projeto prevê que eles sejam integrados com lagos, áreas de vidro e rochas artificiais. Os locais onde atualmente ficam os animais africanos, asiáticos, sul-americanos e australianos, serão utilizados para outras espécies. A obra também irá facilitar a vinda de novos “moradores” como lêmures, suricates, rinocerontes brancos e antílopes. Além disso, a população de zebras e girafas também será aumentada.

Os recursos para a construção dos novos espaços vêm da própria Fundação Hermann Weege, mantenedora do Zoo Pomerode, que arrecada verba através dos valores cobrados na bilheteria, estacionamento e em projetos de publicidade com empresas. A instituição é privada e sem fins lucrativos. Toda renda é revertida para melhorias no zoológico e projetos educacionais e de conservação da biodiversidade.

Foto: Divulgação
Fonte: Jornal de Pomerode

Página Inicial

Nossa Pomerode

Agenda Completa

Notícias

Vídeos

Rota Gastrônomica

Aventuras Radicais

Festas Municipais

Hotelaria

Contato

É SÓ CURTIR

Curta a gente nas redes sociais e fique por dentro das novidades.

Todos direitos reservados a Pomerode Online

Desenvolvido por D.M System & Design